Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Facebook muda o nome para Meta

Como parte de um grande processo de rebranding, a empresa Facebook muda o seu nome para Meta.

A empresa afirmou que Meta é um nome que melhor representa aquilo que ela faz, à medida que alarga o seu alcance para além das redes sociais, expandindo para a área da realidade virtual.

A empresa mãe Facebook agora é Meta – este é o logótipo novo.

No entanto, esta mudança de nome não se aplica às aplicações individuais, tal como a rede social Facebook, WhatsApp e Instagram. Como falamos na notícia anterior, apenas a empresa mãe que detém estas plataformas muda de nome.

Esta alteração é reminiscente da mudança feita pela Google em 2015, alterando o nome da empresa mãe para Alphabet – mudança esta que ainda não teve o impacto pretendido no que toca ao reconhecimento desejado.

Porquê Meta?

O Facebook anunciou há pouco tempo que irá contratar 10,000 pessoas na Europa para desenvolver o “metaverse”.

Este conceito está a ser anunciado como “o futuro da Internet”. O “metaverse” está ser trabalhado para que possa ser um portal para um mundo virtual que contém em si todo o tipo de diferentes ambientes digitais – usando um headset de realidade virtual.

Poderá estar um novo mundo prestes a nascer?

Ao contrário do uso atual da realidade virtual aplicada maioritariamente à indústria dos videojogos, o intuito é criar um mundo onde possa ser possível fazer virtualmente tudo – trabalhar, divertir-se, jogar, assistir a concertos, ver filmes – ou simplesmente passear.

Mas, isto não passa ainda de uma ideia, portanto, nem toda a gente concorda com esta definição do “metaverse”.

A razão da mudança

Esta parece ser então a razão da mudança. O Facebook – agora Meta – pretende ser novamente pioneiro no mundo digital. Primeiro ligou o mundo através das redes sociais. Agora, quer-nos ligar a um mundo digital, através do “metaverse”.

Será este o futuro da Internet?


PUB
Total
15
Shares
Artigos relacionados