Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Conheça as novidades do digital, leia notícias relevantes para a sua empresa, aprenda estratégias que pode implementar na prática e conheça os projetos e case-studies Lendarius. Mantenha-se sempre informado de forma fácil e rápida.

    Li e concordo com a Politica de Privacidade da Ndigital.

    O que são palavras-chave no marketing digital?

    o que sao palavras chave

    Palavras-chave são termos compostos por uma ou mais palavras que resumem do que se trata um conteúdo na Internet.

    Em Marketing Digital, as empresas podem atrair mais visitantes ao seu website através do Google que entrega conteúdo com base nessas palavras-chave.

    Neste artigo, vamos dizer-lhe como definir palavras-chave, qual a sua importância para estratégias de SEO, marketing digital e Inbound Marketing.

    Segundo a Oberlo, o Google processa mais de 8,5 biliões de pesquisas por dia. No meio dessas pesquisas, a palavra-chave é o primeiro fator que influencia no conhecimento da sua empresa para resolver algum problema do utilizador. Sendo assim, as suas palavras-chave devem, de certa forma, prever o que o cliente vai pesquisar. Se as palavras-chave usadas no seu conteúdo forem muito próximas das palavras-chave usadas pelos utilizadores, então o seu website irá aparecer nas primeiras páginas de resultados do Google.

    Como definir palavras-chave?

    O foco de uma estratégia de Marketing de Conteúdo pode ser definido com base numa pesquisa de palavras-chave. Lembre-se que o mesmo problema pode ser representado por várias palavras-chave e existem palavras portuguesas diferentes com o mesmo significado, como por exemplo: vitrine e montra, bica e café.

    Por vezes, pode sentir dificuldade a decidir em qual das palavras-chave apostar, se significam o mesmo. Nestes casos, deverá usar, por exemplo, o Google Trends para comparar o volume de pesquisa das duas. No entanto, deverá ter em conta também os dados por região. Ou seja, se a palavra bica tiver menos volume de pesquisa, mas o seu público-alvo está em Lisboa, então deve apostar na palavra bica. Se o seu público-alvo for a nível nacional, terá que criar uma estratégia específica para cada palavra.

    Saiba mais: O que é o algoritmo do Google?

    Para começar a elaborar a sua lista de palavras-chave, defina personas dentro do seu público-alvo e pense em, pelo menos, 10 palavras-chave específicas para cada uma. Depois, pode utilizar ferramentas gratuitas para gerar mais ideias de palavras-chave a partir dessas já selecionadas por si.

    Como conseguir novas ideias de palavras-chave: 2 ferramentas

    Google Ads é uma das melhores ferramentas para geração de novas ideias de keywords. Siga estes dois passos para encontrar novas ideias através do Google Ads:

    1. Clique no menu “Ferramentas” e depois “Planeador de Palavras-chave”.
    2. No bloco de “Descubra novas palavras-chave”, pode usar as suas palavras-chave já definidas ou o seu website para depois “Obter resultados”.

    Além de conseguir novas ideias de palavras-chave, também poderá ver a média de pesquisas mensais e a percentagem de alteração nos últimos três meses.

    Ubersuggest

    Na ferramenta Ubersuggest pode inserir palavras-chave de forma mais genérica e ela retorna complementos para a palavra de A a Z.

    Aceda à ferramenta, mude o idioma para português, insira a keyword que irá gerar as ideias e clique no botão “Pesquisar”.

    As duas ferramentas mencionadas são gratuitas.

    Como analisar palavras-chave?

    Uma palavra-chave pode ser avaliada sob 4 dimensões:

    • Volume de pesquisa;
    • Dificuldade de ranqueamento;
    • Intenção de compra;
    • Posição atual para a keyword.
    Volume de pesquisa da palavra-chave

    Vamos comparar com uma loja física que possa ter. Mesmo que a sua loja tenha produtos de qualidade a preços excelentes, pode não conseguir clientes, pelo facto de estar mal localizada, numa zona pouco movimentada. Até pode ter a fachada mais atrativa, se ninguém passar lá, não vai impactar ninguém.

    Ora, já no digital, sabe que o Google é muito “movimentado”, por isso sim, deve investir em bom conteúdo para levar o utilizador a clicar no seu website e não no website do seu concorrente. Mas esse bom conteúdo deve ter em conta palavras-chave que tenham um volume de pesquisa considerável. Caso contrário, ninguém irá pesquisar pelas palavras-chave que está a usar no seu website, ou seja, apesar da haver muitas pesquisas diárias no Google, para certas palavras-chave, o Google é pouco “movimentado”.

    Dificuldade de ranqueamento da palavra-chave

    Usando o mesmo exemplo acima, imagine que até encontra a zona ideal para estabelecer a sua loja física, numa zona muito movimentada e que lhe trará, com certeza, muita visibilidade. No entanto, pelo mesmo motivo, o preço da renda é altíssimo. Tem que avaliar se o seu negócio pode suportar essa despesa.

    No digital, também existem palavras-chave mais difíceis de trabalhar, ou melhor dizendo, mais difíceis para se posicionar nos primeiros resultados. Um dos motivos é porque pode ter um alto nível de concorrência. Ou seja, teria que dedicar muito tempo para conseguir uma boa posição. Deve avaliar se esse tempo dedicado será realmente compensado em relação ao tráfego que poderá ganhar.

    Quando estiver a pesquisar por ideias de palavras-chave através do Google Ads, como sugerido acima, poderá ver uma coluna que apresenta o nível de concorrência dessas palavras-chave.

    Dica: Palavras-chave com baixa dificuldade de ranqueamento são ótimas para trabalhar, pois tendem a trazer resultados mais rápidos.

    Saiba mais: O que é o Google Ads?

    Intenção de compra da palavra-chave

    Continuando com o mesmo exemplo: pode até negociar e conseguir um preço incrível de renda do espaço onde quer estabelecer a sua loja. No entanto, a sua loja vende várias categorias de produto, não sendo especializada em nenhuma, enquanto que as lojas perto da sua, para além de venderem produtos iguais ou idênticos aos seus, também oferecem um atendimento mais especializado, que é aquilo que os utilizadores procuram efetivamente.

    Moral da história: Não basta estar posicionado para uma palavra-chave com um grande volume de pesquisa e pouca dificuldade de ranqueamento. Se essa a palavra-chave não representar muito bem o seu negócio, ou representa-o de forma muito superficial, pode não ser uma boa opção investir nela. Isto porque até pode atrair tráfego, mas ao chegar ao seu website, os potenciais clientes não sentem que tem a solução para os problemas deles.

    No entanto, nada o impede de criar conteúdo com base na jornada de compra do seu público-alvo. Mesmo que uma palavra-chave represente de forma superficial o seu negócio, poderá trabalhar a mesma em diferentes fases de forma a que o interesse do seu potencial cliente no seu negócio evolua e, quem sabe, pode mesmo tornar-se cliente.

    Palavra-chave de cauda longa

    Palavras-chave long tail ou calda longa são as possíveis variações que podem existir de uma mesma palavra. São, normalmente, compostas por mais de uma palavra e exprimem uma maior intenção de compra em comparação com as outras palavras-chave.

    Por exemplo: “t-shirt” e “t-shirt de desporto adidas para homem”. Muito provavelmente, a palavra-chave “t-shirt” tem um maior volume de pesquisa por ser mais genérica, no entanto, a outra palavra-chave de cauda longa mostra uma intenção de compra mais clara e uma necessidade específica.

    Posição atual para a palavra-chave

    Antes de pensar numa estratégia para posicionar uma nova URL na primeira página, verifique se já não tem uma URL no Google, embora “mal posicionada”.

    Uma URL que está em 15º lugar pode vir a aparecer na primeira página, através de algumas otimizações do conteúdo e criação de links, por exemplo. Ou seja, o tempo dedicado a ranquear uma URL que está na 3ª página de resultados pode ser muito menor do que criar uma página do zero otimizada para determinada palavra-chave.

    Descomplique! Fale com a Lendarius e avalie a pertinência de um serviço de SEO para o seu website!


    PUB
    Total
    0
    Shares
    Related Posts
    Read More

    Como a IA irá substituir os cookies de terceiros?

    Nos últimos anos, os cookies de terceiros têm desempenhado um papel crucial no marketing digital, permitindo que os profissionais de marketing segmentem as suas bases de dados com base em dados de navegação dos seus consumidores. No entanto, com o fim previsto dos cookies de terceiros em 2025, as empresas procuram agora alternativas para elaborar estratégias de marketing eficazes.