Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Perfil de Facebook ou página de empresa, o que escolher?

perfil ou página de facebook

Sabe a diferença entre um perfil de Facebook ou página de empresa? Qual será a melhor opção para o seu objetivo? Tem algum receio?

Vamos responder-lhe a estas perguntas e comparar as 2 opções, para que entenda ambos os conceitos e aquilo que faz mais sentido para si.

Dados do “Digital 2022” do Data Reportal mostram-nos que em Portugal existiram 5,95 milhões de utilizadores de Facebook no início do ano. Isto quer dizer, que o Facebook pode potencializar bastante o seu negócio através de uma página de empresa.

A máxima é: pessoas conectam-se através de um perfil de Facebook e as empresas e negócios ganham visibilidade e são representados através de uma página de Facebook.

O que vai encontrar neste artigo?

O que é um perfil pessoal?

O princípio do Facebook é conectar pessoas, é fazer com que se aproximem e tenham a possibilidade de compartilhar quase tudo. Por isso mesmo, um perfil pessoal destina-se a pessoas.

O objetivo de um perfil de Facebook é partilhar informações sobre si e atualizações da sua cronologia através de vídeos, imagens e estados, com o maior número de pessoas.

Um perfil de Facebook tem algumas características, que podem representar desvantagens se quiser promover um produto ou negócio, nomeadamente:

  • No máximo pode ter 5 000 amigos
  • Não pode criar anúncios
  • Não pode agendar publicações
  • Não tem acesso a estatísticas

Já entendeu que o lugar de uma conta comercial não é um perfil de Facebook. Aliás, pode ver o seu perfil excluído caso o Facebook se aperceba que está a promover um negócio através de um perfil.

Mas agora pergunta: Então e os músicos e celebridades? São pessoas e têm uma página em vez de um perfil. Eu sei que pode confundir, mas vamos esclarecê-lo! A partir dos 5 000 amigos, a pessoa passa a ser considerada “influente”, atingindo o limite de amigos que pode ter através de um perfil.

Isto significa que quando esse limite é atingido, as pessoas deixam de conseguir aceitar pedidos de amizade, só podendo aceitar seguidores e prejudicando o engagement. Para quem está na rede social por motivos profissionais e quer continuar a crescer, a solução é a criação de uma página de fãs.

O que é uma página de empresa?

Caso o seu objetivo seja representar um negócio, associação, organização sem fins lucrativos, uma marca ou produto, então deve criar uma página de Facebook.

Uma página deve representar uma empresa ou projeto que queira obter exposição, construir uma comunidade e encontrar clientes. Por este motivo, as páginas de Facebook são sempre públicas.

Para criar uma página basta:

  • Aceder ao criador de páginas do facebook
  • Inserir o nome do seu negócio/projeto
  • Carregar uma foto de perfil e de capa
  • Preencher informação sobre o negócio
  • Ter um perfil pessoal associado

Note que é necessário um perfil de Facebook para criar uma página, contudo cada perfil pode administrar várias páginas, e uma página pode ter vários administradores.

Escolher uma categoria de negócio também é importante, dado que ajuda a personalizar a sua página, de acordo com as suas necessidades. Por exemplo, um restaurante necessita de informações quanto à sua localização, enquanto que se o negócio for apenas online, sem localização física, esse campo não faz sentido. Mas não se preocupe, pode alterar as configurações da sua página depois de a criar.

Vantagens em ter uma página:

  • Número de gostos ilimitados
  • Possibilidade de criar anúncios
  • Acesso a ferramentas de publicação, como criação e agendamento de posts para Facebook e Instagram
  • Acesso a estatísticas, como gostos e interações com a publicação
  • Acesso a insights sobre o seu público-alvo como idade, género, localização e idioma
  • Possibilidade de ter CTA

Como escolher?

Está na dúvida se o melhor para si é um perfil de Facebook ou uma página de empresa? A resposta é: depende dos seus objetivos ao utilizar a rede.

Vejamos, se o seu objetivo é usar a rede social para partilhar publicações com os seus amigos e manter-se conectado com eles, a resposta é – utilize um perfil de Facebook. No entanto, se quer utilizar o Facebook para fins profissionais/comerciais o correto é criar uma página.

E tenho que associar o meu perfil pessoal à página do meu negócio? Sim, todas as páginas têm que ter um perfil, ou mais por detrás, isto porque os negócios são feitos de pessoas, e são elas que podem gerir ou editar a página. Aliás, a sua página de Facebook pode ter vários perfis associados, com funções diferentes, como administrador, editor e anunciante. Não se preocupe, porque as informações do seu perfil não vão ser partilhadas pela página.

PerfilPágina
Atualização de cronologiasimsim
Gostos ilimitadosnãosim
Anúnciosnãosim
Ferramentas de publicaçãonãosim
Acesso a estatísticasnãosim
Insights público-alvonãosim
Botões CTAnãosim
Comparação entre perfil e página

Conclusão:

Esperamos ter esclarecido as suas dúvidas quanto à utilização de um perfil de Facebook ou uma página. A verdade é que ambas conectam pessoas, contudo, se tem um negócio, uma organização, é um artista ou utiliza a sua pessoa como imagem de marca, por exemplo, ao fazer palestras ou vender cursos online, junte pessoas com os mesmos interesses, e crie uma comunidade de fãs do seu negócio através de uma página.


PUB
Total
0
Shares
Artigos relacionados